3 de março de 2011

Diário Nº 11 – Planos e Viagens – 20 a 27 de Fevereiro de 2011



Sorria! Sorrir abre caminhos, desarma os mal-humorados, contamina. Mas sorria com a alma, não apenas com os lábiosLea Waider

Marasmo. 20.02

Meu domingo, assim como o sábado foi bem tranquilo. Eu decidi escolher um final de semana de cada mês para não fazer nenhuma viagem e poder descansar. Mas estar parado tem momento que me aborrece. Meu domingo não foi diferente. Entre algumas percepções, meu semblante não era dos melhores. Estava triste por dentro e não queria falar sobre isso... Com ninguém! Passei o dia refletindo sobre o que fazer na minha viagem como mochileiro. Essa viagem tem me deixado “so exciting”... Bem animado. Acho que no domingo foi a única coisa que realmente me animou.

Diferente de Domingo. 21.02

Segunda, depois de treinar logo cedo, fui pra o devocional e pude ministrar nesse dia. Trabalhei no escritório e traduzi mais um artigo da web site em espanhol. Um casal de amigos missionários veio morar em Monte Verde e fui ajudá-los na busca de uma casa para aluguel. Conversei com Beto sobre as aulas de inglês e marcamos pra semana seguinte. Minha comunicação com o pessoal da Mochileiros tem crescido e isso também tem me animado e ajudado bastante.

Um dia de Reunião – Planos e Ideias. 22.02

Esse dia aconteceu a reunião com todos os obreiros e voluntários da base. Começamos 9 da manhã e terminamos quase às 17 horas. Foi maravilhoso poder traçar planos e ter novos desafios e ajudar no que for necessário. Ao final do dia, uma das minhas dívidas foi quase a zero e isso me deixou muito feliz. À noite preparei minha mala pra viajar pra São Paulo e depois pro Rio de Janeiro.

Reencontros em São Paulo. 23.02

Dificilmente viajo o horário que viajei pra São Paulo nesta quarta, mas saí às 8 horas da manhã. Everson, que tem se tornado um grande amigo e companheiro, me levou até o ponto. Minha mala estava cheia de livros e me deixou lá. Encontrei Danúbia no Ônibus e desci com ela até Camanducaia. Conversamos bastante e falamos sobre as aulas de inglês também além de vários outros assuntos. No Tietê reencontrei um amigo que Deus me deu n o Pará em outubro de 2010. Fui ajudá-lo a andar em São Paulo pra procurar algumas coisas em sua igreja. Nos hospedamos na nova casa de Nando e Nessa. Foi tão bom ver Deus abençoando-os e ver que o Pai deu-lhes uma igreja apaixonada por missões. Teve culto e depois de um de nós dormir a tarde toda J, participamos do culto. Seu término deu-se com uma longa e apaixonada oração por missões.

Santa Efigênia. 24.02

Esse dia lembrei-me o quanto não gosto fazer “pechincha”. (rsrs)Saí com o Zezinho e fomos a vários lugares ver preço de câmeras, etc. Rimos muito e conversamos bastante, mas percebo que pesquisar preços não é o meu forte. No caso dele, vejo que ele o fez muito bem. Realmente naquela rua (Sta. Efigênia) há muita coisa legal. Mas sem dinheiro, prometi a mim mesmo não fazer nenhuma conta até pagar minhas dívidas e ter minha viagem e mesmo fazendo tudo isso não quero entrar em outras dívidas tampouco... Apesar de o meu pé doer por andarmos de cada loja daquela rua e redondezas, foi bom estar com ele. Zezinho e eu chegamos por volta das 18:30 na casa de Fernando e estar com ele, Nessa e Júlia foi gratificante. Conheci sua pastora que é uma pessoa maravilhosa. Gostei muito dos irmãos daquela igreja.

Viagem. 25.02

Despedimo-nos deles. Zezinho e eu seguimos para o Rio de Janeiro. Ele desceu na Av. Brasil e eu fui pra Rodoviária Novo Rio. Lá, pastor Jorge e sua esposa, duas pessoas maravilhosas, me buscaram e me levaram para Paracambi onde ministraria uma aula sobre missões no dia seguinte. Depois de jantarmos ele me deixou num hotel da cidade. Pude descansar da viagem e preparar mais um pouco algo do que falaria no dia seguinte.

Povo Apaixonado. 26.02


Uma das aulas mais gratificantes que fui ministrar até hoje. A recepção e o carinho com o qual eu fui tratado foi tocante. Realmente não mereço tal cuidado e fico feliz que Deus me tem dado pessoas assim. Além disso, enquanto ministrava as aulas, percebia o quanto aquelas pessoas daquela igreja, daquela sala especificamente, impulsionadas pela secretaria de missões daquela igreja, estavam tão envolvidas, apaixonadas, desejosas de missões! Cada pergunta, cada adendo abrilhantava a aula e me trazia muitas reflexões enquanto eu ministrava. Creio que Deus os usou pra me deixar mais apaixonado por missões. Dei aulas das 09:30 da manhã até às 17:30. Pude reencontrar meu amigo Thomaz, morador de Paracambi e que havia conhecido ano passado. Ao final da aula, despedi dos meus irmãos desejando estar um pouco mais ao lado deles. Jantei com meu irmão Aldeci e depois fui pro Hotel. Lá Thomaz e Alexander, (este último, um dos alunos do curso) ficaram comigo. Conversamos.

Nesse período consegui contato com meu amigo Chris, dos Estados Unidos, que está no Brasil e estava no Rio. Marquei um encontro com ele para revê-lo depois de 4 anos no local que ele estava. Thomaz foi embora antes de meia noite e fiquei com Alexander um pouco mais. Decidimos fazer uma pequena aventura, mas como isso foi depois da meia noite, só escreverei no próximo diário...

Algo loco aconteceu...

Uma Semana Que Ficará no Coração.

Às vezes, nós missionários, reclamamos das igrejas que não tem feito missões. Entretanto, muitas vezes, nossa visão também está limitada. Não só pelo fato de não olharmos pra nós mesmos, sejam nossos erros e pecados, sejam nossos pré-julgamentos. Entretanto, apesar de toda a dificuldade que realmente a igreja enfrenta o Senhor tem levantado diversas pessoas ao redor do Brasil e do mundo que têm estado apaixonadas por missões, maravilhadas com a obra e vontade de Deus e fazendo tudo o que podem pra que o Reino de Deus seja expandido. Glorifico a Deus por esses lugares que tenho visitado e visto pessoas fazendo coisas que eu, que recebi um título de missionário, às vezes, não tenho feito. Louvado seja Deus nessas vidas. E agradeço a Deus por conhecê-las. Elas são um exemplo pra mim e muito tenho a aprender com elas. Louvado seja Deus pela igreja de Nando e Nessa em Santo André. Louvado seja Deus pela igreja do Pr. Jorge em Paracambi. Louvado seja Deus por cada um dos amigos que Deus me deu nesses lugares.

O justo florescerá como a palmeira, crescerá como o cedro no Líbano. Os que estão plantados na casa do Senhor florescerão nos átrios do nosso Deus. Na velhice ainda darão frutos; serão viçosos e vigorosos, para anunciar que o Senhor é reto. Ele é a minha Rocha e nEle não há injustiça.Salmos 92.12-15

Um comentário:

  1. cara, Gabriel fica imitando sua risada....é o maior barato...

    ResponderExcluir